Notícias

Base NewsLetters

Base NewsLetters


A estimativa de teores em depósitos geológicos complexos, apresenta desafios aos especialistas em modelagem geológica. Os métodos tradicionais de interpolação são baseados na distância e direção. Em depósitos dobrados, os teores devem ser relacionados a distância relativa ao tempo de deposição, antes da deformação.

Sabe-se que a estimativa de teores é o alicerce para o cálculo de reservas e planejamento de mina. Se a geologia não for bem entendida e os seus métodos de construções não forem adotados corretamente, ocorrerão sérias perdas financeiras. Para a estimativa destes tipos de depósitos, a Hexagon Mining | MineSight desenvolveu as ferramentas Relative Surface Interpolator (RSI) e MineSight Dynamic Unfolding (MSDU).

Foi realizado um estudo de caso em um depósito geológico complexo de Tenke-Fungurume, na África, o qual exige um método de interpolação que melhor se ajuste a gênese da mineralização. Neste estudo foi realizada uma comparação entre as ferramentas MineSight (RSI e MSDU) e o método Local Anysotropic Kriging (LAK).

Neste trabalho observou-se que o uso do MSDU sobre o LAK, em um modelo de exploração, pode não ser um fator determinante na viabilidade do projeto. Entretanto, as diferenças de teores encontradas entre os dois métodos podem produzir uma variação local suficiente para alterar os pits designs e todo o planejamento de mina.

Para maiores informações e detalhes, entre em contato com nossa equipe através do client-relations@prominas.net.

Até a próxima!!!

Prominas - Projetos e Serviços de Mineração

Fone: +55 (31) 3497-5092 | Fax: +55 (31) 3441-5393

www.prominas.net

http://www.prominas.net/media/imagens/Logo_Facebook_DT_1.jpghttp://www.prominas.net/media/imagens/Logo_LinkedIn_DT_1.jpg

http://www.prominas.net/media/imagens/QR_Code_-_Prominas.jpghttp://www.prominas.net/media/imagens/Logo_Prominas_-_Sem_Fundo_20_anos.png   cid:image017.png@01D32340.B9412610