Notícias

IBRAM apresenta a 8ª edição do CBMINA

Congresso Brasileiro de Mina a Céu Aberto e o Congresso Brasileiro de Mina Subterrânea

IBRAM apresenta novidade na 8º edição do CBMINA

 A cidade de Belo Horizonte irá sediar, entre os dias 6 e 8 de agosto de 2014, a oitava edição do CBMINA, fórum que reúne o Congresso Brasileiro de Mina a Céu Aberto e o Congresso Brasileiro de Mina Subterrânea. Este ano, o evento promovido pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAMwww.ibram.org.br) contará com uma novidade: os 20 melhores trabalhos serão publicados na Revista Escola de Minas (REM), publicação indexada e classificada como QUALIS B1.

Segundo o Diretor-Presidente do IBRAM, José Fernando Coura, esta será uma ótima oportunidade para aumentar o alcance do Congresso. “A parceria com a Revista REM pretende proporcionar maior visibilidade àqueles que se destacarem por meio dos trabalhos. Sem dúvida é uma forma de estimular a produção acadêmica e a pesquisa, fundamentais para um desenvolvimento ainda maior do nosso setor”, explica.

 Para ter seu trabalho publicado na revista cientifica é necessário, primeiramente, que ele seja inédito, que não tenha sido apresentado para publicação em outra revista e que o texto possua versão em inglês. 

 O CBMINA tem como principal objetivo promover uma discussão altamente qualificada e difundir conhecimento sobre os avanços tecnológicos, a solução de problemas, desafios e tendências nacionais e internacionais para as áreas de lavra a céu aberto e subterrâneas. Serão também discutidas as práticas rotineiras nos processos produtivos em talk-show com líderes do setor mineral e workshop técnico. Os participantes terão acesso a uma grande quantidade de palestras, apresentações de trabalhos técnicos e à exposição de equipamentos e serviços.

 Em 2014, a programação terá como foco temas de alta relevância na agenda da mineração brasileira. Os destaques ficam com o Workshop “Economia Mineral: Recursos e Reservas” e o Talk-Show “Investimento Social Privado”. 

 Segundo o Diretor de Assuntos Ambientais do IBRAM, Rinaldo Mancin, o workshop abordará diferentes visões. Os destaques são os temas “Demandas de Commodities Envolvendo Oportunidades” e “Certificação de Recursos e Reservas”. O primeiro assunto será ministrado por Augusto Mendonça, Diretor de Exploração Mineral da Vetria Mineração e já o segundo contará com a experiência de Norma Locke, Doutor em Geologia e Presidente da Lock Minerals Consulting Inc.

 Inscrições

A apresentação de trabalhos técnicos durante o CBMINA pode ser feita por estudantes e profissionais de diferentes empresas do ramo da mineração. As submissões estão abertas, podem ser efetuadas pelo site www.cbmina.org.br e seguem até 18 de abril de 2014.  A Data limite para efetivação da inscrição do autor apresentador para inclusão do Trabalho no Programa Oficial e no CD-ROM do Congresso é no dia 6 de junho de 2014. Serão premiados os três melhores trabalhos na Categoria “Estudantes de Cursos Técnicos e Graduação” e o melhor trabalho na Categoria “Profissional”

Os trabalhos devem abordar temas como Barragens de Rejeitos (tecnologia, implantação e gestão), Controle de Qualidade, Economia Mineral/Avaliação Econômica, Fechamento de Mina, Geomecânica Aplicada, Hidrogeologia (gestão de recursos hídricos e controle de drenagem ácida), Meio Ambiente (controle ambiental e recuperação de áreas mineradas), Operações Unitárias (automação e outras tecnologias), Planejamento de Lavra, Saúde e Segurança, Ventilação de Mina Subterrânea, Mineração e Sustentabilidade (biodiversidade e comunidades) e Prospecção e Exploração Mineral.  

REM

Revista Escola de Minas é uma das mais antigas revistas técnicas da América do Sul. Foi fundada em janeiro de 1936 pelos estudantes da Escola de Minas de Ouro Preto e, desde então, vem se especializando em publicar artigos nas áreas da Engenharia Civil, Geologia, Metalurgia & Materiais e Mineração.

Seu objetivo é de servir como meio de publicação para trabalhos originais e técnico-científicos dos pesquisadores nacionais e estrangeiros naquelas áreas. Contribuições originais (artigos e cartas) são aceitas. Artigos de revisão dependem de convite e/ou análise dos Editores.

fonte: Profissionais do Texto.